Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Alma Gemia

Passei tanto tempo me perguntando: O que é amor? E agora, acho que sei a resposta: É a soma de sentimentos bons. Ninguém começa a amar o próximo da noite pro dia, primeiro vem o respeito, depois carinho, preocupação, amizade ai sim começamos a amar.
O amor é construído todos os dias, saber lidar com a rotina chata, transformar tudo em samba.
Esses dias eu estava pensado na pressão que é em cima do cantor Fábio Junior por causa da música ‘’Alma Gemia’’. Ele é sempre vitima de piadinhas pela quantidade de casamentos e cantar essa música. Para alguns soa como ironia, mas para mim não.
O cantor não se cansa de procurar e quem procura sabe que vai encontrar.  Ele não se abala pelas decepções anteriores.
Ninguém sabe de cara quem é o amor de sua vida. Ninguém sabe ao certo quando achará. Não podemos deixar de acreditar e se abalar com as ‘’Laranjas Podres’’. A vida começa todos os dias e a cada minuto podemos criar um sentimento bom por alguém e quem sabe se transformar em samba (se é que me en…

Diário de Elisabeth #3

18/04/2003 Olá Diário! Trago boas noticias!!!!!!!!!!
Na minha escola haverá grêmio e eu fui escolhida para participar da parte de Fiscalização das chapas. Agendar as apresentações e acompanhá-las... Sabe? Isso de certa forma de deixou feliz. Me senti importante, sei lá.
Marquei com a primeira chapa uma hora mais cedo do horário da entrada para conversamos sobre as propostas e tal. Cheguei antes que todos, minha pontualidade me irrita. Odeio esperar. Enquanto eles não chegavam fui até a pracinha, de lá dava pra ver perfeitamente se alguém tivesse chegado. Fiquei cerca de uns dez minutos, perto das arvores e ouvindo música. De repente o garoto misterioso apareceu, fiquei surpresa e curiosa. Pensei: o que será que ele vem sempre fazer aqui?  Isso já estava me corroendo há dias. Criei coragem e fui falar com ele.
-Você gosta muito daqui. Né? – Perguntei já me arrependendo pelo o olhar de reprovação que ele me deu. -Olha, olha o que temos por aqui: Uma observadora. -Talvez, direto te vejo aqui …

Escrever é libertador

Escrevo por que me trás paz. Escrevo por que me ajuda organizar as idéias para tomar decisões importantes. Escrevo por que a folha não consegue ver minhas lágrimas. Às vezes saio escrevendo sem nexo algum, só pelo prazer de me livrar da raiva. Os sentimentos ruins ficam aqui e os bons também, você saberá do que estou falando quando ler aqui em um dia de felicidade ou de tristeza.
Costumo enterrar minhas dores na escrita, pois quando eu reler e estiver bem, não terei nenhuma recaída. Só a alegria contagia. Que todos os males fiquem enterrados. Que toda raiva fique presa no papel com a força que coloco na caneta para escrever.
E amanhã quando eu acordar tudo terá passado. Sabe aquela sensação de pesadelo? Assusta-te, mas no fundo você sabe que não é real. Então, assim que me sinto. Tudo vira apenas um sonho ruim.
Essa é a magia da escrita: Libertar!

RESULTADO DA PROMOÇÃO (Obscena Lucidez)

E o comentário mais criativo/legal foi da: Ariane Gonçalves!
~ Vamos ver se ela cumpriu todas as outras regras TANANÃ-TANANÃ

(Ari, entro em contato no seu E-mail pra acertamos a entrega *-* )

Viram como era fácil?
Psiu, quem não ganhou nem pense em ficar triste que logo vamos ter mais promoções aqui. Okay?E vocês podem comprar o poster ou outros produtos

ARQUITETA DE MERDA

Diário de Elisabeth #2

15/04/2003 Olá Diário!
Fico feliz que depois de uma semana eu tenha algo para contar...
Fui para escola normalmente, tive duas aulas de história maravilhosas na terça- feira e  na quarta-feira ganhei um livro incrível dos meus pais. É um livro de poesia do Carlos Drummond de Andrade, estou devorando os poemas, parece que foi escrito especialmente para mim. É uma sensação maravilhosa. Vou escrever aqui um dos trechos que mais gostei:
‘’Carlos, sossegue o amor É isso que você está vendo: Hoje beija, amanhã não beija, Depois de amanha é domingo E segunda-feira ninguém sabe O que será. ’’ (Poema – Não se Mate)
Estou amando o livro, tem alguns poemas que Drummond compara o Brasil com outros países, não sei se ele já viajou, mas mostra o interesse pelo assunto me identifiquei, pois quero dar a volta nesse mundão...
O garoto misterioso só foi á praça na sexta-feira e nesse dia deixei a coragem em casa e não fui falar com ele.
Bom, tenho que fazer os deveres para a aula de matemática de amanhã. URG!! 
At…

Diário de Elisabeth #1

07/04/2003 Olá, agenda que chamarei de diário!
Ganhei você ontem, decidi a fazer de diário porque as pessoas não tem curiosidade de ler o que não está trancado.
Vou falar um pouco de mim, pois não sei bem como começar um diário. Esse é o meu primeiro. Chamo-me Elisabeth Mourão, tenho 15 anos e moro no interior de São Paulo mais precisamente em Ibiúna. Não tenho muitos amigos, mas são o suficiente para me arrancar vários sorrisos. Sou tímida e um pouco desastrada (a desastrada fica por parte de minha mãe Helena).
Minha vida não é tão interessante por isso não escreverei muito aqui, só o que realmente for importante para mim. Espero ter boas aventuras para relatar.
Ah! Mudei de escola a pouquíssimo tempo. Não é legal ser o alvo de piadas por ser novata, isso não me incomoda muito, mas sim o garoto estranho que fica na praça perto da minha escola. Ele me olha de um jeito estranho. Confesso que sinto medo as vezes, nesse mundo não podemos confiar em ninguém por mais que ele aparenta ter a mi…